Telefone / Fax: (51) 3339.1811 sbdrs@sbdrs.org.br

Tecnologias mais utilizadas na dermatologia, fundamentos e novidades

No dia 12/08 a SkinTec promove, com o apoio da SBD-RS, o workshop “Tecnologias mais utilizadas na dermatologia, fundamentos e novidades.” Ministrado pelo Dr Álvaro Boechat, PhD em fotomedicina, o evento é gratuito, destinado aos associados e residentes de dermatologia de serviços credenciados da SBD e abordará os fundamentos das tecnologias que já fazem parte do arsenal terapêutico do dermatologista além de atualizar-nos sobre novas técnicas e equipamentos disponíveis atualmente.

Dra Leandra Camini e Dra Francine Costa relatam sua participação no workshop de ICPA®

No final do mês de junho, participamos do evento sobre Indução Percutânea de Colágeno com Agulhas (IPCA®), ministrado pelo Prof. Dr. Emerson de Andrade Lima, promovido pela SBD-RS.

O Dr. Emerson, dermatologista e preceptor do serviço de dermatologia da Santa Casa de Misericórdia de Recife (PE), com notoriedade nacional e internacional sobre o tema, há cerca de 7 anos utiliza microagulhas no tratamento de cicatrizes, rítides, estrias, flacidez e melasma.

Seus excelentes resultados têm sido compartilhados em várias publicações científicas. Criou e registrou o termo IPCA® a fim de padronizar a intervenção na dermatologia com uma técnica estabelecida e com critérios de segurança, além da tunelização dérmica (TD®) e da radiofrequência pulsada com multiagulhas (RFPM®).

Nesta aula apresentou a aplicação destas técnicas isoladas ou em associação por meio de casos clínicos. Podem ser indicadas para um amplo espectro de alterações dermatológicas quando o objetivo é o estímulo e o remodelamento do colágeno.

A IPCAÒ inicia-se com a perda da integridade da barreira cutânea e tem como alvo a dissociação dos queratinócitos, resultando na liberação de citocinas, dos fatores de crescimento e na melhora da comunicação intercelular.

A intensidade destas reações é proporcional ao comprimento das agulhas e a injúria provocada durante o procedimento. Esta técnica também pode ser utilizada como veiculador de ativos, porém o Dr. Emerson sugere um aprofundamento maior sobre o tema.

Com a mesma proposta da IPCA®, a RFPM® consiste no uso da radiofrequência pulsada utilizando microagulhas dos eletrodos Lima em cicatrizes, estrias, lóbulo da orelha, siringomas e nas regiões periorbital, perioral e cervical.

Ainda, a técnica de TD® propõe a realização da soltura de traves fibróticas na derme e a transição dermo-subcutânea em cicatrizes deprimidas e rítides profundas utilizando uma agulha de aspiração 18G.

O conhecimento adquirido na aula teórica nos proporcionou condições de ampliar o arsenal terapêutico para beneficiar nossos pacientes. Contudo, como o próprio Dr. Emerson diz: “os resultados são técnico-dependentes”.

Depois de ter realizado o curso teórico e prático (hands on) com o Dr. Emerson na sua clínica em Recife, no final do ano passado, entendemos que tais técnicas necessitam de um incessante treinamento prático, pois durante a execução do procedimento as peculiaridades ficam claras e as dúvidas podem ser esclarecidas.

O curso prático acontece em um único dia com uma carga horária de 10h e turmas de 10 alunos. Na ocasião treinamos em seis pacientes: IPCA® injúria profunda isolada e associada à TD® em cicatrizes de acne na face, TD® em rítides glabelares, IPCA® em melasma facial e alopecia androgenética e RFPM® em estrias antigas e em flacidez de pálpebras após um treinamento em peito de frango.

Acreditamos que o domínio destas técnicas proporcionará a excelência dos resultados e por consequência a satisfação dos nossos pacientes.

Integração das sociedades

Visando a integração da SBD-RS com sociedades de especialidades afins em nosso estado, na primeira quinzena de julho deste ano, a Dra. Clarissa Prati teve a honra de ser recebida pelo presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica – RS, Dr Eduardo Chem.

Na simpática e acolhedora sede da Sociedade coirmã, os dirigentes trocaram ideias e preocupações sobre os rumos das especialidades, dificuldades no gerenciamento de agremiações, além de iniciar tratativas para um possível evento conjunto. “Enfrentamos situações peculiares a cada especialidade, mas com muitas semelhanças em suas origens”, reflete a presidente da SBD-RS. “Em tempos de exaltação às figuras digitais, a medicina praticada de forma séria e embasada em conhecimento científico de qualidade não pode ficar à margem. Devemos, no entanto, sempre procurar respaldo nos preceitos éticos que regem nossa profissão”, conclui.

Curso de Dermatopatologia da SBD-PR

Estão abertas as inscrições para o III Curso de Dermatopatologia da Soc. Bras. de Dermatologia – Regional PR. O curso é preparatório para os candidatos à prova de título pela SBD, mas também é destinado a médicos com desejo de reciclagem em Dermatopatologia.

O curso terá início no dia 25 de agosto e a partir deste ano será oferecido apenas a cada dois anos (em 2018 não haverá curso!).

As aulas darão ênfase na correlação clinico-patológica, capacitando o participante a identificar o processo patológico básico de doenças de pele, ou seja, se neoplásico, inflamatório ou infeccioso. Será formado por quatro módulos sob a coordenação da Dra. Betina Werner e colaboração da Dra. Lismary Mesquita e Dra. Graziela Crescente. O quinto e último módulo será de revisão com a aplicação de testes para auto-avaliação (março de 2018).
Mais informações: www.sbdpr.com.br

Divi WordPress Theme