Telefone / Fax: (51) 3339.1811 sbdrs@sbdrs.org.br

Médico fala como amenizar problemas para quem está buscando qualidade de vida correndo ou caminhando

Assim que a temperatura começa a aumentar, já é possível perceber, nas ruas, o aumento de corredores e praticantes da caminhada. Com o aumento da distância percorrida, não são raros os problemas que envolvem a pele e as unhas dos pés. Estas situações acontecem por causa do atrito e da pressão do tênis e das meias nos dedos em movimentos constantes e repetidos. Com o impacto, a unha vai se descolando, formando uma zona de separação com a pele. O dermatologista e diretor da Sociedade Brasileira de Dermatologia – Secção RS (SBD-RS), Fabiano Pacheco, ressalta que existem algumas maneiras de evitar esses problemas durante a prática da atividade.

– Pelo volume de treinamento a corrida (ou caminhada) gera atrito da pele dos pés contra o tecido da meia ou do calçado, gerando desconforto e limitando o exercício. É fundamental usar meias adequadas para as corridas. Além disso, recomendamos que, em alguns casos, o praticante use um número de tênis levemente maior do que o habitual – afirma.

Outro problema comum nos pés é o aparecimento de micoses causadas pela umidade excessiva. Para isso, cuidados básicos podem ajudar. Um exemplo é secar bem os pés após o banho (principalmente entre os dedos) e usar meias bem ajustadas. Alternar o uso de calçados, também pode colaborar. Além disso, deve-se manter a unha sempre curta e bem cortada. Em casos de hematomas ou descolamentos, um dermatologista deve sempre ser procurado.

Divi WordPress Theme