Telefone / Fax: (51) 3339.1811 sbdrs@sbdrs.org.br

Câncer de pele é preocupação constante de dermatologistas

O Rio Grande do Sul apresenta, durante seis meses, entre outubro e março, níveis altos e extremos de radiação ultravioleta. Este é um dos principais motivos para que o câncer de pele seja um dos tipos mais comuns da patologia entre gaúchas e gaúchos. O tema, portanto, exige grande atenção dos dermatologistas que, durante a 42a Jornada Gaúcha de Dermatologia, tiveram acesso às informações para embasarem o seu trabalho preventivo.

– Nosso país é um dos que registra o maior índice de radiação UV no mundo e a comunidade dermatológica precisa ter um claro conhecimento sobre isto para repassar à população. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), as pessoas não deveriam se expôr a estes níveis tão intensos – destacou a engenheira e doutora em geofísica espacial, Damaris Kirsch Pinheiro.

A apresentação contou com dados de pesquisas realizadas na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), em parceria com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e duas instituições francesas.

Divi WordPress Theme